Parque do Martelo e Ciclo Orgânico

O Parque do Martelo é um lugar tranquilo e próximo à natureza

Saiba mais sobre a parceria entre o Parque do Martelo e o Ciclo Orgânico

PARQUE DO MARTELO, O LAR DO CICLO ORGÂNICO:

Desde 2015, quando o Ciclo Orgânico começou suas atividades de coleta e compostagem de resíduos orgânicos, o Parque do Martelo tem sido um parceiro fundamental de nossa operação.

O Parque foi o nosso primeiro pátio de compostagem e desde que iniciamos, tratamos mais de 50 toneladas de resíduos orgânicos, produzimos mais de 30 toneladas de composto orgânico e evitamos a emissão de mais de 38 toneladas de CO².

Além disso, o Parque do Martelo é o local que podemos chamar de lar do Ciclo Orgânico, pois utilizamos como a central de operações de nossa equipe, tanto administrativa, como de coleta. E estamos no parque todos os dias de semana sendo este o local mais adequado para nos encontrar caso queira nos fazer uma visita.

E como uma parceria é uma mão dupla, onde ambas as partes se ajudam, o Ciclo Orgânico retribui o Parque do Martelo doando metade do composto orgânico produzido para ser utilizado na hortinha e nas plantas do Parque, além de contribuir com a divulgação do Parque (que infelizmente é pouco conhecido pelos moradores das proximidades) e promover atividades educativas com crianças de escolas da região.

E nesta página gostaríamos de ajudar ainda mais na divulgação do Parque do Martelo e falar um pouco mais sobre o local que nos acolheu tão bem desde o início.

Desde 2015, o Parque do Martelo já ajudou o Ciclo Orgânico a:

0
TRATAR 50.000 QUILOS DE RESÍDUOS ORGÂNICOS
0
PRODUZIR 30.000 QUILOS DE COMPOSTO
0
EVITAR A EMISSÃO DE 38.500 QUILOS DE CO²

Localização

O Parque do Martelo é um parque público e fica localizado na rua Miguel Pereira, 41 no bairro do Humaitá.
Ao chegar neste endereço, você verá o portão da imagem acima e pode até achar que não existe um parque ali dentro, mas não se engane ou acanhe, pode ficar à vontade e entrar, pois depois do portão (e de uma pequena rampinha) você chegará à parte principal do Parque do Martelo.

Para saber como chegar ao Parque do Martelo, veja o mapa abaixo e veja a melhor rota de sua localização até o parque.

horário de funcionamento

O Parque do Martelo funciona todos os dias e fica aberto à visitação nos seguintes horários:

  • De segunda a sexta: Das 8h às 12h e de 13h às 16h.
  • Sábados: Das 8h às 13h.
  • Domingos e feriados: Das 9h às 13h.

Portanto pode ficar à vontade vir em qualquer dia conhecer o parque.

História

O Parque do Martelo é atualmente, uma concessão da prefeitura do Rio de Janeiro para uso da comunidade do Alto Humaitá, mediante conservação. Mas o mesmo já foi ocupada por diversos inquilinos: por uma pequena favela, nas décadas de 1950 e 1960; por uma oficina mecânica, depois que a favela foi removida, e, finalmente, pela Servenco, empresa de engenharia que fechou o terreno e manteve um vigia morando no local, para evitar novas ocupações. E em pleno boom da especulação imobiliária no Rio de Janeiro, a Servenco anunciou a construção de um conjunto habitacional de 200 apartamentos no terreno da Rua Miguel Pereira, nº 41. O fato disparou a reação dos moradores.

A partir de então, os moradores partiram para uma ação oficial. Moveram uma ação popular civil e foram ao prefeito da época – Júlio Coutinho -, levando toda a criançada, que se espalhou pelo gramado dos jardins do Palácio da Cidade, sede da prefeitura na Rua São Clemente, Botafogo. A ação municipal passou à ação federal, e, em Brasília, a comunidade do Alto Humaitá, finalmente, ganhou a causa: a Servenco não podia mais construir.

Além de impedirem a construtora de ocupar o espaço, o movimento conscientizou os moradores de que uma área de lazer era direito dos cidadãos. Por isso, o lema adotado na campanha – “Um parque para o Humaitá” – foi um dos motivos da grande adesão de pessoas para o movimento.

E depois de muitos e muitos anos de brigas na justiça, finalmente, a prefeitura do Rio de Janeiro cedeu a área, em regime de concessão, para a Associação de Moradores do Alto Humaitá (AMAH). Assim, em maio de 2005, o espaço foi, enfim, ocupado pela Associação e batizado de “Parque do Martelo”, em referência ao Sapo Martelo que costumava ocupar a região.

Os brinquedos e demais aparelhos, como as tábuas e barras para a prática de alongamento foram doados por moradores e a manutenção do parque é feita por um zelador que limpa e cuida do terreno diariamente. Isso só é possível por que a Associação conta com uma pequena contribuição trimestral de alguns sócios e algumas doações.

Fauna e Flora

Ao visitar o Parque do Martelo, você poderá encontrar e contemplar diversos animais naturais da região, como:

  • Macaco Prego
  • Miquinhos
  • Borboletas
  • Calanguinhos
  • Maritacas
  • Tucanos
  • E inúmeros pássaros

Aqui no parque, também poderá encontrar toda a flora do local, que conta com inúmeras espécies nativas e árvores frutíferas como:

  • Goiabeira
  • Jaqueira
  • Tangerineira
  • Abacateiro
  • Limoeiro
  • Mangueira
  • Bananeira
  • Jabuticabeira
  • Cajueiro
  • Mamoeiro
  • Pé de graviola
  • Pé de cajá
  • Pé de amora
  • Pé de fruta-do-conde

E além disso, o Parque do Martelo também possui uma hortinha comunitária com diversas espécies. Esta horta é mantida por um mutirão mensal capitaneado pela Associação de Moradores do Alto Humaitá. O mutirão ocorre no primeiro domingo de cada mês.

Parquinho infantil

E caso você tenha uma criança em sua família, não deixei de trazê-la ao Parque do Martelo. Todos os dias, seja de manhã ou de tarde, poderá encontrar diversas crianças correndo e brincando no parquinho em frente a sede. Lá elas possuem a oportunidade de interagir com outras crianças que moram nas proximidades, brincar com os brinquedos do parque, ler as histórias da biblioteca compartilhada e conviver com a natureza ao redor.

Depois que conhecem o Parque do Martelo, as crianças passam a querer frequentar assiduamente o parque. E muitas famílias escolhem realizar o aniversário de seus filhos no próprio parque, que mediante à um agendamento prévio, sede o espaço e a infraestrutura de mesas e cadeiras para a realização de festinhas de aniversários.

Caso queira fazer a festa de seu filho por lá, basta ir até a sede do Parque e procurar pelo Manuel, o zelador, que o mesmo poderá lhe informar sobre as datas disponíveis e lhe dar maiores instruções. Mas faça isso com alguma antecedência pois as datas em finais de semana costumam ser bem concorridas.

Eventos e exposições

E além das festinhas de crianças, o parque também sede o seu espaço, que possui uma vista privilegiada para o Cristo Redentor, para a realização de outros tipos de eventos, como festa junina, recitais, shows e exposições de arte.

Para ficar por dentro de toda a programação do Parque do Martelo, veja a página do Parque no Facebook clicando aqui.

Visita de Escolas

O Parque do Martelo, também recebe periodicamente estudantes de diversas idades e escolas, sejam elas publicas ou particulares de toda a região do Humaitá, da Lagoa e de Botafogo.

Ao visitar o Parque, as crianças possuem a oportunidade de estarem mais próximas à natureza, fazer atividades externas com professores, fazer um tour por toda a área do parque e aprender sobre sustentabilidade com a equipe do Ciclo Orgânico, que as ensinam sobre compostagem, tratamento de resíduos, minhocário e o ciclo de vida dos alimentos.

Para agendar a visita de uma escola ou turma ao parque, entre em contato com Associação de Moradores do Alto Humaitá (AMAH) pelo número (21) 2527-0177.

Trilhas

No Parque do Martelo, também poderá encontrar trilhas que irão lhe propiciar sentir a natureza de mais perto e desfrutar de uma linda vista.

No entanto, aconselhamos que nunca faça a trilha sozinho ou sem a autorização do zelador do parque, pois ele irá lhe dizer se a trilha está em condições ou não de ser feita.

 

Informações de contato

– Para entrar em contato com a Associação de Moradores do Alto Humaitá (AMAH) que administra o Parque do Martelo, mande um email para: parquedomartelo@gmail.com ou ligue para 2527-0177.

Também quer ser uma parceira do Ciclo Orgânico?
Clique no botão abaixo e entre em contato conosco.
Quero ser parceira do Ciclo!
VEJA OUTRAS EMPRESAS QUE FECHAM O CICLO