Sobre o Ciclo Orgânico

Nós coletamos e compostamos os seus resíduos orgânicos

O destino do seu lixo pode mudar o destino do planeta!

Baldinho-icon
SEPARE OS ORGÂNICOS

Use o baldinho mágico do ciclo para separar seu lixo orgânico. E fique tranquilo: você não terá problemas com mau cheiro ou insetos na sua casa.

Bicicleta-icon
COLETAMOS DE BIKE

Sem carros: nossas coletas são feitas de bicicleta toda semana, reduzindo o nosso impacto na emissão de CO₂. O destino? Nossas composteiras.

Pá-icon
COMPOSTEIRAS LOCAIS

Seu lixo vai para composteira mais próxima, em vez do aterro. Menos lixo é igual a menos poluição: no solo, na água e no ar. O planeta agradece!

Plantinha-icon
FECHANDO O CICLO

No fim do mês você recebe 2kg do nosso Composto Orgânico, um pacotinho de sementes diferentes a cada mês e ainda contribui doando mais 2kg do adubo para uma horta comunitária.

As sobras e restos de alimentos representam mais da metade do que jogamos fora todos os dias, e hoje são um verdadeiro desastre ambiental nos aterros e lixões.

Nós trabalhamos para mudar essa história, e acreditamos na compostagem como uma ferramenta eficaz para resgatar o valor que os nossos resíduos tem, pra quem fecha o Ciclo, cada casca é muito preciosa para ser desperdiçada.

Nosso sonho é ver cidades inteiras fechando o Ciclo, transformando seus resíduos em adubo, da forma mais local possível, de baldinho e bicicleta. Ver a compostagem gerando mais oportunidades de emprego e renda e saber que todo esse adubo vai estar voltando para o terra e produzindo ainda mais alimentos na cidade.

Todo resíduo orgânico deveria ir para a compostagem. Ponto! Nós do Ciclo Orgânico, trabalhamos dia e noite para chegarmos mais perto dessa realidade. Através do nosso serviço de coleta domiciliar, fazer compostagem passa a ser muito simples e de fato vira um hábito. Com o baldinho mágico do Ciclo basta colocar os resíduos nele, que nós coletamos e transformamos em adubo, mesmo sem ter tempo ou espaço possibilitamos que famílias inteiras compostem todos os seus resíduos.

E para transformarmos nossos hábitos e toda uma cultura de consumo e desperdício, retornamos com o composto de volta e ainda informamos o quanto nós coletamos, o quanto de adubo isso gerou e as emissões evitadas. Quando a gente vê o impacto individual e coletivo de uma ação simples, a compostagem ganha ainda mais força

Para a gente cada baldinho, cada resíduo por menor que seja, importa muito! De pedalada em pedalada, baldinho em baldinho o Ciclo continua.

Conheça nossos Planos e Produtos

Conheça mais sobre a história do Ciclo Orgânico

Desde pequeno, Lucas Chiabi sempre foi apaixonado por plantas, bikes e tudo que era relacionado à… lixo! Isso mesmo, algo que ninguém enxergava valor, ele percebeu como uma fonte interminável de criatividade e riqueza. E nessa época um dos seus sonhos era se tornar motorista de caminhão de lixo, para que pudesse fazer o que bem quisesse com os resíduos. Com o passar dos anos, a sua paixão foi aumentando cada vez mais e o levou a cursar engenharia ambiental na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Lá ele descobriu e aprendeu muitas coisas sobre agroecologia e assim surgiu o interesse sobre compostagem, e foi amor à primeira vista!

Em 2013 participou do grupo de mutirão de agroecologia na faculdade, lá pôde colocar a mão na massa e assim a sementinha da compostagem começou a brotar. Anos depois, começou a estagiar em uma empresa chamada VideVerde, em Magé, onde trabalhou com compostagem em larga escala, aprendendo bastante sobre o assunto e o despertou, ainda mais, a vontade de trabalhar com resíduos orgânicos…Mas, de um jeito diferente!

Lucas sempre foi pirado na compostagem, sempre que tinha tempo estava vidrado em livros, séries, vivências agroecológicas… Tudo que o envolvia de um modo direto com a natureza! E assim surgiu uma ligação forte com a natureza e a preocupação ambiental. Com o passar do tempo, a angústia com o descarte incorreto dos resíduos, sejam eles reciclados ou orgânicos, foi aumentando cada vez mais. Até virar uma dor – sim, doía –  ver as pessoas,  e inclusive na própria casa, jogando os resíduos orgânicos na lixeira.

Mas, o que um universitário – sem grana – de engenharia poderia fazer? Qual seria a solução? Ele trouxe A SOLUÇÃO para um problema que antes não era visto como uma preocupação ambiental direta para o meio ambiente! Além disso, antes mesmo de trazer a ideia de modo efetivo, na prática como uma empresa, ele sempre falava para os amigos e até para os parentes sobre o que ele iria fazer da vida – coletar e compostar resíduos orgânicos em residências – e muitas pessoas riram dele no início. E já viu onde ele chegou?

O Ciclo Orgânico nasceu no ano de 2015, com o sonho de desconstruir a mágica do lixo, no qual as pessoas não veem para onde os seus resíduos vão – os famosos aterros sanitários ou lixões – , e mostrar a essas pessoas que podemos sim tratar os nossos resíduos e ver para onde eles vão e o que processo de tratamento que passam até se tornarem fonte de vida – adubo. Com isso, os colaboradores podem ver todo o processo, desde a coleta até o produto final do próprio resíduo orgânico. Somos a primeira empresa do Brasil com esse sistema de coleta de bicicleta em casa, e com baldinhos para separar os resíduos.

Entretanto, até chegarmos onde estamos, enfrentamos diversas dificuldades. O Ciclo começou dentro de casa, onde eu entregava os baldinhos e o Lucas realizava as coletas. Os baldinhos eram comprados de pequenos vendedores, que pegavam os baldes de margarina e creme de leite em padaria e os revendiam pra gente. Imagina uma pessoa dentro do metrô, levando vários baldes sujos e com cheiro de creme de leite passado do tempo, e toda suja, já que os carregava até chegar em nosso trabalha (em casa!). Outro ponto complicado era que nem sempre o senhor João – que nos vendia o balde – tinha o “estoque” que precisávamos, ou seja, sem balde, sem cliente. Gastávamos tempo e energia, um limpava o balde e o outro passava removedor e lixa para limpá-los. Além de os nossos adesivos serem desenhados à mão e impressos em papel adesivo. Que fase! Risos. E a nossa primeira bike? compramos em uma feira, na zona norte do Rio, a bicicleta mais velha que tinha, e a levamos de metrô – já imaginou? Então, é sério.

Não tínhamos espaço, nem um escritório para reunião. Nem mesmo o lugar para guardar a nossa primeira bike, e assim, começamos utilizar a garagem do prédio…até sermos convidados a sair!!! Risos. Enfim, são inúmeras histórias a serem compartilhadas desde o nascimento do Ciclo Orgânico. Ah, como sempre ocorre em diversos casos, muitos se surpreenderam com o modelo de negócio que deu certo, e assim foi replicado em outros estados do país.

Co-criar uma sociedade sem lixo é um desafio, mas nós sonhamos alto e acreditamos que a mudança pode sim ser alcançada. E neste ano, esperamos duplicar a quantidade de clientes e ciclistas, além de expandir o atendimento para mais bairros do RJ. Continuaremos sim inovando e melhorando a cada dia os nossos serviços, para que todos tenham sempre orgulho de compartilhar que Fecha o Ciclo com a gente! E isso nos traz um orgulho imenso, o nosso coração transborda de felicidade.

Clique aqui para conhecer a história completa

Desde 2015, o Ciclo Orgânico já ajudou a:

0
TRATAR 220.000 QUILOS DE RESÍDUOS ORGÂNICOS
0
PRODUZIR 170.000 QUILOS DE COMPOSTO
0
EVITAR A EMISSÃO DE 130.000 QUILOS DE CO²
Onde Chegamos

Em menos de 3 anos, o já contamos com 8 ciclistas e mais de 600 baldinhos pela cidade do Rio de Janeiro. Juntos, mudamos o destino de mais de 220 toneladas de resíduos orgânicos, gerando mais de 170 toneladas de adubo e evitamos mais de 130 toneladas de CO2 na atmosfera!

Além disso, só em 2017 foram realizadas mais de 23 mil coletas e somados, nossos ciclistas pedalaram por mais de 25 mil quilômetros em 16 bairros diferentes! Essa distância é mais do que suficiente para dar mais de meia volta no Planeta Terra! Ah, e isso tudo com peso, carregamos 180 toneladas de orgânicos nos nossos triciclos.

Somente pelo uso das bicicletas ao invés de utilizar caminhões para a coleta dos resíduos, nossos ciclistas deixaram de emitir mais de 70 toneladas de CO2 equivalente, neste mesmo período.

Veja abaixo a nossa área de atuação:

Bairros atendidos
Veja abaixo quais bairros atendemos e quando passamos em cada um deles
Mídias e Prêmios

Neste ano, o Ciclo Orgânico teve a honra de aparecer em 4 programas de rede nacional, como:

Além disso, também saímos em algumas publicações impressas e em portais online. Veja mais aqui.

Em 2017, o Ciclo Orgânico também recebeu 4 prêmios muito bacanas como forma de reconhecimento de nosso projeto:

Veja todos os nossos Planos e Produtos aqui
Quer ver todos os nossos Planos e Produtos?
Nós temos o plano adequado para a sua necessidade!
Veja todos os nossos Planos e Produtos aqui

Assine a nossa newsletter

Cadastre-se para receber mais informações e ficar por dentro de todas as nossas novidades!

Nós não mandamos spam =]